A importância do networking

O que chamamos de rede de relacionamento, ou seja, networking é essencial nas conexões entre grupos corporativos porque confere maior credibilidade e força às informações que circulam em determinado segmento, além de garantir maiores chances de que o profissional descubra novidades sobre sua área de atuação e boas recolocações no mercado de trabalho.

Dessa forma, vale ter em mente que — por mais que ter um bom currículo seja importante — contar com alguém que possa fazer uma indicação aumenta bastante suas chances de conquistar determinada vaga de emprego.

Quem já está empregado também deve se preocupar em manter o networking, seja com os colegas de trabalho ou em eventos relevantes de seu segmento de atuação. Dessa forma, um profissional pode ajudar o outro ao longo de sua jornada, e o ideal é que esse relacionamento continue mesmo quando você muda de emprego.

Praticar o networking nada mais é do que trabalhar a sua rede de contatos. É uma ferramenta que vem ganhando cada vez mais destaque, ainda que não seja nova, e que viabiliza a construção de relações com pessoas do seu entorno profissional.

Uma sólida rede de relacionamentos ajuda em diferentes aspectos:

Obter informações relevantes;

Aprofundar relações com clientes:

Tornar mais conhecida a empresa ou uma ideia de negócio;

Aumentar a visibilidade do profissional;

Detectar oportunidades de negócio;

Desenvolver a carreira;

Vender.

A rede de relacionamentos é composta por diferentes perfis, desde a família ampliada, passando pelos amigos e colegas da faculdade e do trabalho, até outras pessoas do seu campo de atuação e aqueles que são de outras áreas, mas têm interesses em comum.

Encontros pessoais são ótimos, claro. Nada como o “cara a cara” para solidificar relações. Mas a verdade é que nos dias de hoje não dá para encontrar todo mundo da rede de relacionamento sempre. Por isso, telefone, WhatsApp, e-mail as redes sociais também são bastante eficientes e a Plataforma Somos Businnes foi criada.

Para começar, defina a sua marca pessoal: o que você oferece e qual é o seu objetivo. Para o primeiro, leve em conta os seus valores, paixões e atributos pessoais. Para o segundo, pense no que quer obter: conseguir outro trabalho, ter contatos melhores para a sua empresa, ganhar reconhecimento do mercado, etc.

Depois, crie perfis nas redes sociais de acordo com a sua marca, use fotos profissionais nesses sites, mantenha um currículo atualizado ou um prospecto da sua empresa, crie uma assinatura para os seus e-mails e faça cartões de visita.

Em seguida, defina seu público-alvo normalmente são as pessoas que vão ajudá-lo a conquistar seus objetivos. Pode ser seu próximo chefe, cliente ou investidor, uma pessoa capaz de influenciar quem tem o que você quer ou uma equipe que vai apoiar você. Não tente impactar todo mundo.

Por fim, comece o contato. Isso inclui ser ativo nas redes sociais para dar visibilidade ao seu nome..

Como? Compartilhar conteúdo e fazer comentários produtivos são duas opções interessantes.

Depois, crie perfis nas redes sociais de acordo com a sua marca, use fotos profissionais nesses sites, mantenha um currículo atualizado ou um prospecto da sua empresa, crie uma assinatura para os seus e-mails e faça cartões de visita.

Também faz parte do processo entrar em contato direto com seu público-alvo.

Tenha em mente que é preciso criar valor para os demais, porque a rede de relacionamentos é uma troca. Paciência e perseverança são fundamentais, porque empecilhos vão aparecer.

Além do que já falamos, também é válido participar de conferências e eventos que facilitem novos contatos, envolver-se com associações, dar aulas, escrever colunas de opinião e entrar em contato com colegas de profissão para trocar experiências.

Para fazer sua rede de relacionamento profissional, é preciso levar em conta alguns aspectos. São eles:.

O ideal é diferenciar seus contatos profissionais de sua rede de amigos. Se possível, mantenha contato com essas pessoas de forma separada: por meio se um número de WhatsApp destinado exclusivamente a negócio ou com ajuda do LinkedIn, por exemplo.

Embora a seletividade seja importante, e o ideal seja você se relacionar com pessoas de bem e que possam contribuir de alguma maneira para seu crescimento profissional, você não deve se importar tanto com níveis profissionais e posições hierárquicas. Tenha em mente que o mercado está em constante mudança, e que todos podem colaborar de alguma maneira para que isso aconteça.

Prefira sempre a qualidade em vez da quantidade. Isso significa que você pode ter uma rede de relacionamento profissional pequena, mas que funciona bem para seu segmento e para seus objetivos. O principal é que essas pessoas consigam contribuir para seu crescimento profissional de alguma maneira.

Fazer cursos e participar de eventos do setor é essencial para quem quer fazer networking. Você precisa dar as caras e se apresentar. Há casos em que é você quem irá fazer parte da rede de contatos de alguém e ajudar essa pessoa.

Como foi dito anteriormente, quantidade aqui não é relevante: você precisa saber porque está fazendo networking, de modo a estabelecer contatos de qualidade para seus objetivos profissionais. Seu objetivo é conseguir um novo emprego?

Subir de cargo na empresa em que está?

Empreender e dar início ao próprio negócio?

Conheça pessoas e estabeleça contato que estejam diretamente ligados ao seu principal objetivo e metas.

A rede de contatos ou networking é uma espécie de parceria onde as pessoas que fazem parte deste círculo de contatos trocam informações, influência e aprendizado profissional, e se ajudam mutuamente em ocasiões como: indicação para um novo emprego ou realização de um negócio.

Vamos a algumas dicas práticas para um profissional desenvolver uma boa rede de contatos.

Dica 1 - desenvolva interesse genuíno pelas pessoas que pretende incluir em sua networking. Não procure as pessoas apenas quando estiver precisando de favor.

Dica 2 - esteja sempre disponível para ajudar as pessoas de sua rede na medida de suas possibilidades, e sempre retribua um favor na mesma "moeda".

Dica 3 - tornar-se palestrante ou professor ajuda a criar um ciclo de contatos.

Dica 4 - frequentar cursos, palestras e convenções coloca o profissional em contato com pessoas de diversos setores.

Dica 5 - participar de associações, comitês e entidades gera muitos contatos profissionais.

Dica 6 - procure fazer contatos com pessoas de áreas diversas de seu setor de atividade.

Dica 7 - turbine a utilização de seu cartão de visita, utilize-o de maneira dinâmica.

Dica 8 - faça contatos personalizados, evite mandar e-mails para diversas pessoas ao mesmo tempo.

Dica 9 - quando indicar uma pessoa para outra de sua networking, avise antes, apresente-as.

Dica 10 - faça contatos frequentes, uma boa dica é criar um networking na Plataforma Somos Business e, sempre que possível, esteja presente trocando ideias conosco.

Dica 11 - evite falar muito nas conversas, procure ouvir mais e obter informações e conhecimento sobre as pessoas.

Dica 12 - procure mostrar sempre que você pode ser útil à sua rede de contatos.

Dica 13 - avise sempre o que está fazendo profissionalmente, seja trocando de emprego, realizando um novo empreendimento, escrevendo artigos, dando entrevistas, etc.

Dica 14 esteja sempre disponível para sua networking.

Dica 15 - lembre-se do nome das pessoas e data de aniversário.

Dica 16 - Juntos sempre somos mais fortes

Estas são algumas dicas de como construir e manter uma networking. Elas devem ser adaptadas a sua realidade, ao seu estilo profissional e ao seu perfil. Algumas combinarão melhor com você, outras não, mas é fundamental analisar todas elas e escolher as mais úteis para desenvolver sua rede de contatos.

Portanto, procure priorizar em sua vida profissional este importante meio de promoção pessoal, sempre com uma visão de médio e longo prazo, pois, como diz a sabedoria popular "o mundo dá muitas voltas", e numa destas voltas uma pessoa de sua networking poderá desempenhar um papel fundamental em sua carreira. E na sua vida.

Boa sorte nas suas novas relações e bons negócios!

Material Retirado do site Sebrae, Por André Aires – Analista I do Sebrae no Amapá - todos os direitos reservados

Parceiros

       
       

Atendimento Exclusivo

contato@somosbusiness.com.br

Siga-nos